.

domingo, 7 de agosto de 2016

‘Resultado de anos de descaso’, diz secretário sobre ataques no RN

“Tudo isso que estamos passando é resultado de anos de descaso, de falta de atenção e de investimentos em segurança pública. Chegamos ao fundo do poço e agora, aos poucos, estamos começando a sair dele”. É assim que o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed) define a onda de ataques criminosos que atingiu o Estado na última semana.
A instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária de Parnamirim, na Grande Natal, é considerada pelo governo a motivação para os atentados. Segundo a própria Sesed, o RN foi alvo de 107 ataques em 37 cidades entre a tarde da sexta-feira (29) e a manhã da quinta (4) – quando o último caso foi contabilizado. Ao todo, 108 pessoas foram presas suspeitas de participação direta ou envolvimento nos atos criminosos.
General da reserva do Exército Brasileiro, Lundgren está há menos de quatro meses à frente da Sesed. “É bom frisar que essa onda de ataques só começou porque o Estado, enfim, decidiu retomar o controle dos presídios”.

Nenhum comentário: