.

.
.

terça-feira, 18 de outubro de 2016

SE A MODA PEGA: "Polícia Federal prende vereadores por “coronelismo”

A Polícia Federal (PF) prendeu hoje (18) quatro vereadores e um candidato a prefeito de Saquarema, na Região dos Lagos, no Rio: o presidente da Câmara, Romacart Azeredo de Souza, o vice-presidente, Vanildo Siqueira da Silva, os vereadores Paulo Renato Teixeira Ribeiro e Guilherme Ferreira de Oliveira, conhecido como Pitiquinho, e o pai dele, Hamilton Nunes de Oliveira, o Pitico, candidato derrotado nas eleições municipais deste ano. No total, foram cinco mandados de prisão, além de sete de condução coercitiva expedidos pela 62ª Zona Eleitoral de Saquarema.
As investigações indicavam que os políticos ocupavam cargos públicos na base do conhecido “coronelismo”, isto é, captando votos em troca de benefícios irregulares. Os investigados realizavam boca de urna e comprovavam votos em troca da distribuição de bens, como medicamentos e combustível para veículos. Além disso, médicos estão no alvo da PF por fornecer atestados e receitas controladas em branco. O chefe da Delegacia de Polícia Federal de Niterói, Elias Escobar, detalhou as investigações.

Nenhum comentário: