.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

VIROU ROTINA: "Delação detalha ligação de Eduardo Cunha, Henrique Alves e Geddel Vieira Lima com corrupção na Caixa"

O Fantástico veiculou na noite deste domingo, com exclusividade, à delação premiada do empresário Alexandre Margotto, ligado a Lúcio Bolonha Funaro, que é apontado como operador financeiro do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, hoje preso na Operação Lava Jato.

Esta delação, que foi homologada pelo juiz Vallisney Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, revela mais detalhes sobre a suposta ligação do ex-ministro Geddel Vieira Lima com um esquema de corrupção na Caixa Econômica Federal. Revela também o susposto envolvimento do empresário Joesley Batista, dono do grupo J&F, com as operações irregulares no banco.

O delator também confirmou ao juiz que 80% da propina do dinheiro desviado da liberação do dinheiro do trabalhador brasileiro, o FGTS, para financiamento de empresas ficava com Eduardo Cunha que repassava para Geddel Vieira Lima e para o ex-deputado Henrique Eduardo Alves.

Blog do BG



Nenhum comentário: