.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

ELEIÇÕES 2018: "Temer já escolheu seu candidato, João Dória"

Em meio ao racha no PSDB quanto ao papel do partido no governo Michel Temer, o presidente elogiou o que considera ser uma visão “nacional” e “conciliadora” do prefeito paulistano, João Doria (PSDB).
“Saio daqui mais animado ainda porque vejo aqui um parceiro, um companheiro, alguém que compreende como ninguém os problemas do país”, disse Temer em discurso nesta segunda-feira (7), em evento na Prefeitura de São Paulo.
Cotado para disputar o Planalto em 2018, Doria voltou a dizer que a permanência de Temer na Presidência é positiva para a economia. Disse em entrevista após a cerimônia que os quatro ministros tucanos “podem perfeitamente continuar o seu trabalho onde estão”.
O governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), que trabalha para ser ele candidato a presidente pelo PSDB, adotou um distanciamento maior do governo Temer.
Ele defendeu deputados que votaram a favor da denúncia de corrupção contra o peemedebista na Câmara e pediu o desembarque do PSDB do governo em no máximo dois meses.
“Sempre a sua alma e a sua índole foram de conciliação. A minha também”, afirmou o prefeito ao presidente durante a cerimônia. “Isso não nos tira do campo da defesa de princípios e da firmeza de posições, de caráter, de postura e de biografias.”
Temer retribuiu. “João Doria, meu velho amigo”, disse, ao que o prefeito sorriu assentindo com a cabeça.

Nenhum comentário: