.

.
.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

WALTINHO COM AS BURRAS CHEIAS: "Mais de R$ 6 milhões foi o que Walter Alves recebeu do governo Temer"

O PMDB, sigla de Temer, foi o partido mais fiel, durante a sessão que derrubou a continuidade da denúncia da Procuradoria Geral da República. Dos seus 63 parlamentares, 84% apoiaram o presidente na votação, enquanto 10% ficaram contra o próprio colega de legenda. Entre os tucanos, o placar ficou dividido: 45% votaram a favor de Temer e 47% contra.
O deputado federal e presidente regional do PMDB do RN, Walter Alves que votou para livrar Temer, amigo do seu primo e ex-ministro do Turismo Henrique Alves que se encontra preso por denúncia de corrupção e recebimento de propina nas obras do estádio Arena das Dunas em Natal, recebeu mais de R$ 6 milhões de emendas segundo informações do portal Contas Abertas.


Nenhum comentário: