.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Em Parelhas, Nelter Queiroz sugere que MPT acabe com facções criminosas e não com facções têxteis

Na manhã do último sábado (23) o deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) esteve no município de Parelhas, onde participou da segunda audiência pública em defesa da manutenção dos empregos gerados através do Programa de Interiorização da Indústria Têxtil (Pró-Sertão), nas facções de costura em todo o Rio Grande do Norte, principalmente no Seridó e Vale do Assú.

Desta vez o encontro que reuniu diversas lideranças políticas, empresariais, religiosas e dos trabalhadores, aconteceu na sede da Associação dos Caminhoneiros Parelhenses (ACAMPAR), e foi viabilizada pela Câmara Municipal de Vereadores de Parelhas.

Em sua fala, além de sugerir que o Ministério Público do Trabalho (MPT) acabe com as facções criminosas e mantenha as facções têxteis, o parlamentar destacou seu orgulho em defender a dignidade de várias famílias do Seridó e Vale do Assú. “Vivemos tantos problemas no Brasil, nos municípios e no mundo, será que essa procuradora [do MPT, Ileana Neiva Mousinho] não faz uma reflexão dos problemas que já são tantos?”, indagou Nelter Queiroz, mostrando que a ação movida contra a Guararapes, caso concretizada, gerará mais um grande e grave problema social, pois desempregará pais e mães de família, além de jovens trabalhadores.

Ainda em seu pronunciamento, Nelter relembrou o título de “Persona non grata” direcionado à procuradora Ileana Neiva Mousinho e convocou trabalhadores e faccionistas a participarem da audiência pública na Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte, que ocorrerá no próximo dia 02 de outubro, e que discutirá toda a problemática gerada pela ação movida pelo Ministério Público do Trabalho contra a empresa Guararapes.


Nenhum comentário: