.

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

ELEIÇÕES 2018: "Prefeito Carlos Eduardo não vai desistir fácil de disputar o Governo do Estado"

Com a prisão do seu primo e ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB) pela Polícia Federal, após investigações apontarem recebimento de propina de empreiteiras em troca da execução de favores políticos, o prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, do PDT, praticamente é carta fora do baralho no jogo da disputa para o Governo do RN nas eleições de 2018, na opinião de adversários, mas ele não desistirá facilmente de ser candidato a governador em 2018 com o apoio do senador Garibaldi Filho e do seu filho, o deputado federal, Walter Alves.
A delação do seu secretário Fred Queiroz, na operação Manus, não afetou diretamente o prefeito Carlos Eduardo Alves. Ele tem tudo para tocar o plano político que tem o aval de Henrique Alves e renunciar o mandato de prefeito para o ex-deputado e vice-prefeito Álvaro Dias assumir a Prefeitura de Natal, representando o PMDB e o clã da oligarquia Alves, fragilizada e abalada com os últimos acontecimentos políticos.
Apostar na desistência fácil do prefeito Carlos Eduardo Alves na disputa ao Governo do Estado no próximo ano, é ingenuidade política sem tamanho. Com quase todo mundo acusado e denunciado por suposta corrupção no RN, jurando inocência, o prefeito Carlos Eduardo não vai se intimidar com a prisão do seu primo Henrique e abrir mão de disputar o Governo do Estado.

Nenhum comentário: