.

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

POLÍTICA: "Ministro do Turismo trocará PMDB por PSD para viabilizar candidatura ao senado"

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, vai deixar o PMDB e se filiar ao PSD. A mudança faz parte da estratégia do ministro, que hoje é deputado federal licenciado, para viabilizar a candidatura dele ao Senado em 2018. Ele quer disputar o pleito na chapa do governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), e do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que tentarão reeleição para seus respectivos cargos.
Beltrão e seu grupo político são aliados do clã Calheiros em Alagoas há muitos anos. No entanto, se o ministro continuasse no PMDB, a chapa majoritária encabeçada por Renan Filho teria de ser “pura”, ou seja, formada apenas por pessoas de um mesmo partido. Isso dificultaria a negociação dos peemedebistas com outros legendas aliadas no Estado, em busca de apoio político para o pleito.
A ida de Beltrão para o PSD teve aval do ministro Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações), que comanda a legenda. A negociação começou há cerca de um ano. Já como parte da estratégia para migração, o irmão de Beltrão, Maykon Beltrão, se filiou ao PSD e assumiu a presidência estadual da legenda no início deste ano. Até então, Maykon era filiado ao PMDB, como o irmão. Procurado, o ministro Marx Beltrão não quis se pronunciar.


Nenhum comentário: