.

quarta-feira, 14 de março de 2018

LULA: "Ao invés de tentar impedir a minha candidatura dispute comigo, quem ganhar leva"

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta terça-feira (13), durante entrevista à rádio Cultura Foz, que a Justiça abandone o “julgamento político” contra ele e julgue o mérito de sua condenação.
“Ao invés de tentar me impedir de ser candidato inventando mentiras processuais é melhor julgar o mérito (do processo) e disputar comigo as eleições e ver. Quem ganhar, leva”, disse Lula.
Lula afirmou que quer ter a chance de provar que pode “consertar” o Brasil. “O medo deles é que eles sabem que têm um cidadão brasileiro que sabe cuidar do povo, sobretudo do povo trabalhador, do povo mais humilde”, disse o ex-presidente.
Também nesta terça-feira, a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, afirmou que não vai aceitar pressão para colocar em votação a reavaliação da prisão após condenação em segunda instância, o que praticamente decreta a prisão do ex-presidente Lula. “Eu não lido. Eu não me submeto a pressão”, respondeu Carmen Lúcia ao ser questionada sobre a pressão para pautar a prisão em segunda instância.

Nenhum comentário: