.

domingo, 2 de dezembro de 2018

Governo de Bolsonaro deverá ter de 20 a 23 ministérios

Com pouco mais de um mês de governo de transição, a futura Esplanada de Jair Bolsonaro (PSL) está quase completa. O presidente eleito já confirmou 20 ministérios e deve, segundo declarações recentes, chegar a 22 ou 23 pastas. Falta o nome para o Meio Ambiente, ainda é incerto se Trabalho será ou não incorporado a outra pasta e Direitos Humanos deverá ser mantido, mas rebatizado de Ministério da Família.
"Está em fase final de discussão. Houve um clamor por parte de alguns parlamentares. Nós queremos uma política de direitos humanos de verdade, não essa que está aí, onde é atendido em primeiro lugar, realmente, em vez de ser a vítima, são os algozes", afirmou Bolsonaro na última sexta-feira (30) em entrevista à TV Aparecida. Segundo ele, o motivo da mudança de nome é que a família é "tão cara e tão importante a todos nós".
O Meio Ambiente deverá ser, segundo o presidente eleito, o último a ser anunciado. "Queremos preservar sim o meio ambiente. Mas sem indústria da multa, sem a interferência externa via ONGs. Um ministério que realmente esteja casado com os nossos interesses", disse.
Congresso em Foco

Nenhum comentário: