.

.
.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

CORRUPÇÃO: "STJ abre inquérito contra o governador do PSDB Beto Richa"

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), será investigado pela Operação Publicano, que apura um esquema de corrupção na Receita Estadual do estado do Paraná. De acordo com o jornal Gazeta do Povo, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou a abertura da investigação, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), porque o governador foi citado nas investigações da Polícia Federal.
Com a abertura do inquérito, a PGR pode pedir o arquivamento sobre a atuação do tucano caso entenda que não há indícios de participação de Richa no esquema, ou apresentar denúncia contra o governador. Se a Procuradoria oferecer a denúncia, o STJ decidirá se abre a ação penal contra ele ou não.
A investigação chegou ao governador quando o principal delator do caso, o auditor fiscal Luiz Antônio Souza, disse ao Ministério Público de Londrina (PR) que a verba desviada da Receita Estadual abasteceu a campanha do tucano. Ele contou que pelo menos sete delegacias regionais da Receita Estadual arrecadaram um montante de R$ 4,3 milhões para a reeleição de Richa, em 2014.

Nenhum comentário: