.

.
.

quinta-feira, 7 de abril de 2016

DIA DO FICO: "Com 51 deputados, PP diz que fica no governo"

O PP vai permanecer na base de apoio ao governo da presidente Dilma Rousseff e a orientação do comando do partido é pelo voto contra o impedimento, afirmou nesta quarta-feira o presidente nacional da sigla, senador Ciro Nogueira (PI), reconhecendo que a legenda está dividida sobre a questão.
Segundo Nogueira, mais de 40 dos 57 parlamentares do PP são favoráveis à permanência na base governista e contrários ao processo de impeachment que está em tramitação em comissão especial da Câmara dos Deputados.
O partido, um dos maiores da base com 51 deputados e 6 senadores, cancelou uma reunião que realizaria mais tarde nesta quarta para decidir se ficava ou saía do governo, em meio a disputas internas na legenda entre grupos contra e a favor do desembarque.
“Mantém-se o Partido Progressista na base de apoio à presidente Dilma Rousseff até o final dessa votação do processo de impeachment”, disse Nogueira a jornalistas, acrescentando que a reunião das bancadas foi cancelada a pedido do grupo pró-impeachment ao perceber que não teria maioria para aprovar o desembarque.

Nenhum comentário: