.

.
.

sexta-feira, 15 de abril de 2016

IMPUNIDADE EM ALTA: "Eduardo Cunha é o homem mais forte do Brasil, ele está ganhando todas"

O STF manteve a votação de domingo na Câmara Federal, onde os deputados irão decidir sobre a abertura pelo Senado do impeachment da presidente Dilma Rousseff, aprovado na comissão especial.
O pleno do STF, por maioria já optou pela manutenção da sessão do impeachment.

O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou pedido feito pela presidente Dilma Rousseff para suspender a votação.
Tem mais, o roteiro que ele estabeleceu para votação alternando por Estados também foi aprovado pelo STF.
A votação do relatório do impeachment da presidente Dilma Rousseff começará, como já tinha definido Eduardo Cunha, pelo estado de Roraima, no Norte.
O roteiro será o seguinte:
Roraima; Rio Grande do Sul; Santa Catarina; Amapá; Pará; Paraná; Mato Grosso do Sul; Amazonas; Rondônia; Goiás; Distrito Federal; Acre; Tocantins; Mato Grosso; São Paulo; Maranhão; Ceará; Rio de Janeiro; Espírito Santo; Piauí; Rio Grande do Norte; Minas Gerais; Paraíba; Pernambuco; Bahia; Sergipe; e Alagoas.

Nenhum comentário: