.

.
.

terça-feira, 12 de abril de 2016

TIRO NO PÉ: "Temer deu, sem querer, um golpe no golpe"

Se estava difícil aprovar o impeachment no plenário da Câmara dos Deputados agora ficou mais complicado depois do pronunciamento precoce do vice-presidente da República Michel Temer.
Os brasileiros ficaram assombrados ao saberem que o resultado do impedimento da Dilma é entregar o Brasil aos pedbistas Temer, Renan e Cunha.
Existem deputados do PMDB garantindo que não existiu vazamento, o texto foi cuidadosamente redigido para mostrar aos empresários da avenida Paulista e tornar público os termos do compromisso que Temer assumiu com o PIB paulistano.
Mas o efeito foi contrário e devastador.
Temer deu um tiro no pé, ou um golpe no golpe.

Nenhum comentário: