.

.
.

sábado, 11 de junho de 2016

Mais uma denúncia contra Eduardo Cunha e Henrique Alves chega no STF

Do G1
A Procuradoria Geral da União apresentou nesta sexta-feira ao Supremo Tribunal Federal uma terceira denúncia contra o presidente afastado da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na Operação Lava Jato.
A denúncia, cujo teor não foi divulgada, diz respeito ao suposto envolvimento de Eduardo Cunha em desvios nas obras do Porto Maravilha no Rio de Janeiro
A suspeita é de que o parlamentar tenha solicitado e recebido propina do consórcio formado por Odebrecht, OAS e Carioca Christiani Nielsen Engenharia – que atuava na obra do Porto Maravilha – no montante de cerca de R$ 52 milhões.
A denuncia também envolve o ministro do Turismo, Henruque Alves que também teria sido beneficiado com recursos das construtoras captados por Cunha que o MPF considera pagamento de propina disfarçadas de doações oficiais para campanha.

Nenhum comentário: