.

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Mais duas pessoas são presas por tentar apagar a tocha olímpica

Após o caso do jovem que foi preso em Maracaju, no Mato Grosso do Sul, por tentar apagar a tocha olímpica com um balde d’água, a polícia registrou mais duas detenções por tentativas de pessoas que tentaram apagar a chama. Ambos os casos aconteceram no Paraná nesta quarta-feira. No período da tarde, uma mulher já havia sido detida pela Guarda Municipal de Maringá e, de noite, um rapaz tentou apagar a tocha com um extintor em Cascavel.
Em Maringá, o caso aconteceu na Avenida Colombo. Segundo informações do Paraná Portal, a mulher se aproximou do condutor da tocha e tentou apagar a chama com um cartaz, onde estava escrito “Fora, Temer”. Um grupo protestava contra o governo do presidente em exercício em um local próximo onde acontecia o revezamento. Ela foi detida pela Guarda Municipal, encaminhada para a delegacia de Polícia Civil e liberada após pagar fiança correspondente a um salário mínimo. Ela foi autuada por tentativa de dano contra o patrimônio público e desacato a autoridade.

Nenhum comentário: