.

.
.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

CRIOU PRECEDENTES: "Recusa de Renan tá virando moda"

Faz escola a atitude do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), recusando-se a ser notificado da decisão judicial que o afastava do cargo. Nesta quinta-feira (8), foi a vez do prefeito de Barreiras (BA), Antônio Henrique de Souza Moreira (PP), desafiar a Justiça baiana se recusando a cumprir uma liminar.
A medida foi solicitada à Justiça pelo sindicato dos servidores, para obrigar a prefeitura a descontar dos salários e repassar à entidade 1% do valor de toda folha salarial.
Esse percentual corresponde ao chamado “imposto sindical”, que torna essas entidades milionárias.
O prefeito citou o caso do senador Renan Calheiros para alegar que também vai descumprir a medida liminar.
Diário do Poder

Nenhum comentário: