.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

CRIME ORGANIZADO: "Quadrilhão com Henrique Alves e outros ‘orbitam’ em torno de Temer, diz Janot"

Ao denunciar o ‘Quadrilhão do PMDB’ na Câmara, o procurador-geral da República atribui o papel de líder a Michel Temer, enquanto Geddel Vieira Lima, Henrique Eduardo Alves, Eliseu Padilha, Rodrigo Loures e Moreira Franco ‘orbitam’ em torno de sua ‘coordenação’.
Nesta quinta-feira, 14, Janot denunciou o presidente da República e os peemedebistas por organização criminosa. O procurador-geral sustenta que os peemedebistas usaram órgãos públicos, como Petrobras, Furnas, Caixa Econômica, Ministério da Integração Nacional e Câmara dos Deputados para cometer crimes. Temer é apontado como o líder da organização criminosa deste maio de 2016.
Na mesma peça, procurador-geral ainda imputa ao presidente da República o crime de obstrução de justiça por causa dos supostos pagamentos indevidos para evitar que Lúcio Funaro firmasse acordo de colaboração premiada. Temer é acusado de instigar Joesley Batista a pagar, por meio de Ricardo Saud, vantagens a Roberta Funaro, irmã de Lúcio Funaro. As informações são de Luiz Vassallo, Breno Pires, Rafael Moraes Moura e Julia Affonso, O Estado de São Paulo.


Nenhum comentário: