.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Desembargador Cláudio Santos sai em defesa das facções de costura

O desembargador Cláudio Santos foi a primeira voz a defender um debate em torno da ação do Ministério Público do Trabalho envolvendo as facções de costura do Seridó e também a Guararapes.
Ao participar da audiência pública neste sábado (16), em São José do Seridó, Cláudio Santos criticou a postura do Ministério Público do Trabalho.
“Acima de qualquer lei, portaria ou norma jurídica está o princípio do direito ao trabalho, principalmente numa região (Seridó) que não tem riquezas e um exemplo isolado não serve de regra geral para todos. O Ministério Público do Trabalho está sendo contra o trabalhador e não a favor”, afirmou.
Heitor Gregório

Nenhum comentário: