.

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

JBS: "Joesley Batista diz em gravação que Aécio é um “bandidão”

Em um dos trechos da gravação acidental, encaminhada na última quinta-feira à Procuradoria Geral da República (PGR), os delatores da JBS Joesley Batista e Ricardo Saud discutiram quais autoridades deveriam ser gravadas por eles para que fossem entregues no acordo de delação premiada que negociavam com o Ministério Público Federal (MPF).
Em certo momento, os dois afirmaram ter informações que poderiam comprometer o senador Aécio Neves(PSDB). Saud avisa: “Vamos pegar o Aécio também. Ele vai ficar chateado”, diz o diretor a Joesley. A resposta demonstra que o dono da JBS já não considerava o senador mineiro um político tão relevante, após a mira ser apontada ao presidente Michel Temer (PMDB). Mesmo assim, decidem que Aécio seria um dos alvos.
“Ele ficou pequenininho (risos). Não, nós vamos (pegá-lo), só porque ele é bandidão mesmo. Você sabe que esse aqui (provavelmente Temer), os outros vai ficar pequenininho, pequenas causas, não vai precisar”, diz Joesley no áudio.
Blog do Primo

Nenhum comentário: