.

sábado, 28 de outubro de 2017

POLÍTICA: "Por "trair" aliados de primeira hora Robinson segue para o isolamento político"

Eleito com uma aliança política tímida em 2014, o governador Robinson Faria (PSD) começa a sofrer o isolamento político de quem tem quase 80% de desaprovação popular.
O PT foi o primeiro a abandonar o barco e tem a pré-candidatura da senadora Fátima Bezerra à sucessão estadual. O PCdoB, do vice-governador Fábio Dantas, já não se entende com o gestor. O PP, do deputado federal Beto Rosado, não tem uma relação próxima com o governo. Os aliados estão cada vez mais distantes.
A expectativa do governador, de atrair o PSDB, parece frustrada, com o discurso oposicionista entoado pelo partido nos programas de TV que foram ao ar recentemente.
Robinson chegará em 2018 com “poucos amigos” ou “quase nenhum”. É difícil achar quem defenda o projeto de reeleição do atual governante.
Texto:Robson Pires
Título Nosso

Nenhum comentário: