.

quinta-feira, 15 de março de 2018

ATUAÇÃO: "Fátima Bezerra ergue a voz em defesa do Rio Grande do Norte e cobra inclusão do estado em linha de crédito para segurança"

A senadora Fátima Bezerra cobrou nesta quarta-feira (14), da tribuna do Senado, a inclusão do Rio Grande do Norte entre os beneficiários da linha de crédito financeiro que o Governo Federal anunciou para estados e municípios, via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para a área de Segurança Pública. Os recursos, no valor total de R$ 42 bilhões, serão destinados a ações diversas.
Segundo o Jornal Tribuna do Norte, que noticiou o assunto nesta terça-feira (13), a informação de que o estado não está entre os contemplados foi confirmada pela própria assessoria do BNDES. O governo de Michel Temer alega a “precária saúde financeira” do Estado para honrar seus compromissos com a dívida ao longo dos próximos oito anos. A senadora afirma que o motivo é outro: discriminação.
“Não aceitaremos que o RN seja mais uma vez relegado à própria sorte. Nosso estado está entre os mais violentos do país, o governo não tem sequer os recursos suficientes para pagar a folha de pessoal em dia, como não ajudar uma população dessas? Isso é um absurdo. Mais um!”, exclamou a senadora.
Fátima observou que o Rio Grande do Norte é hoje um dos estados mais afetados pela violência urbana do país e que Natal chegou a ser apontada pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal como a cidade mais violenta do Brasil e a décima do mundo. A lista da ONG é baseada no número de homicídios por 100 mil habitantes e analisa municípios com mais de 300 mil habitantes.
 “O Observatório da Violência do RN, o Óbvio, também tem mostrado, por meio de estatísticas e levantamentos semanais, que o quadro é dramático não só na capital, mas em todo o estado. O Rio Grande do Norte precisa de ajuda!”, concluiu a senadora.
Roberto Flávio


Nenhum comentário: