.

terça-feira, 11 de setembro de 2018

DATAFOLHA: "Comoção por facada não impulsiona Bolsonaro"


O Instituto Datafolha divulgou nesta segunda-feira (10) uma nova pesquisa de intenção de voto para presidente da República. É o primeiro levantamento do instituto desde que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência.
Os números não apontaram nada impactante e superlativo em favor do candidato Jair Bolsonaro (PSL), após o incidente em que foi esfaqueado em Juiz de Fora (MG), à semana passada.
A opinião pública não foi contaminada por uma atmosfera de comoção. A oscilação favorável ao candidato foi mínima, dentro até da margem de erro. O agravante, para ele, é que sua rejeição continua altíssima e em primeiro lugar, em cima de 43%. Saiu de 39% para esse novo número.
Numa simulação de segundo turno, perde para os principais adversários, só conseguindo empate técnico com Fernando Haddad (PT), com placar de 39% contra 38% dele.
A propósito, Haddad e Ciro Gomes (PSB) é que têm motivos para ânimo com a pesquisa.

Blog do Carlos Santos


Nenhum comentário: