.

.
.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

POLÍTICA: "O poder de engorda do PMDB"

Depois de passar de 19 para 21 senadores no início deste ano, o PMDB de Michel Temer experimentará mais uma crescida na Casa. Deve receber Davi Alcolumbre, que pretende deixar o DEM para ser candidato ao governo do Amapá no ano que vem como peemedebista.
Junto ao tamanho da bancada no Senado, aumenta também a influência política e poder de barganha sob o governo do trio que articulou as migrações: o líder peemedebista, Renan Calheiros (AL); o líder do governo, Romero Jucá (RR); e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (CE).
O governo Temer precisa do trio, que domina a bancada, para ter sucesso em suas pretensões de aprovar as reformas da Previdência e trabalhista.
Robson Pires


Nenhum comentário: