.

.
.

domingo, 5 de março de 2017

FHC defende Aécio e pede distinção entre caixa dois e corrupção

O ex-presidente da República e presidente de honra do PSDB, Fernando Henrique Cardoso, divulgou nesta sexta-feira uma nota oficial em que sai em defesa do atual comandante do partido, o senador Aécio Neves (MG). O tucano disse lamentar que haja uma estratégia usada por adversários da legenda de difundir “notícias alternativas” de modo a confundir a opinião pública. Na declaração, o ex-presidente afirma que delações premiadas não provas e pede que haja distinção entre caixa dois e corrupção.
FHC diz que parte do noticiário do dia sobre os depoimentos de executivos da Odebrecht “serve de alerta”. Segundo ele, ao invés de se dar ênfase à afirmação de Marcelo Odebrecht de que doações à campanha presidencial de Aécio em 2014 foram feitas oficialmente, publicou-se a partir de outro depoimento que o senador teria pedido doações de caixa dois para aliados.


Nenhum comentário: