.

.
.

quinta-feira, 9 de março de 2017

PARELHAS: "PT e sua submissão. Até quando?"

Em 2008 Francisco Medeiros, então Vereador, foi escolhido para ser o sucessor de Antônio Petronilo no Palácio Severino da Silva Oliveira, de lá prá cá, já se passaram 9 anos e parece que o PT gostou do poder.
Antes aguerrido, agora tímido, o Partido dos Trabalhadores tornou-se um cavalo manso e selado, pronto para ser montado.
Em nome dos aliados, o partido não esboça nenhuma ação em defesa de seus "companheiros", que se sintam prejudicados. Em nome da aliança, o partido tem se acovardado a defender filiados históricos, que deram suas vidas em nome de uma causa que já ficou esquecida em algum lugar no passado.
Como perguntar não ofende, até quando vai a submissão cega, na qual se encontra o Partido dos Trabalhadores? Até quando o espírito de luta que norteou as hostes petistas, continuará submisso?

Nenhum comentário: