.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

ELEIÇÕES 2018: "Caciques do RN na mira do eleitor"

Não será fácil para os Alves e Maias se apresentarem como candidatos na próxima eleição de 2018.
Tanto os Alves com os Maias estão encalacrados em denuncias de receberem propinas e falcatruas em delações premiadas.
O senador Garibaldi Alves tido como um santo da política potiguar, segundo delação do ex-senador Sérgio Machado recebeu R$ 200 mil e seu filho deputado federal, Walter Alves recebido R$ 250 mil.
Já do papai e filho Maia, o esquema foi o seguinte: o senador José Agripino recebeu R$ 300 mil da construtora Queiroz Galvão e seu rebento deputado federal Felipe Maia ofertado com o recebimento de R$ 250 mil. Como ele poderão enfrentar o povo nessas condições? 

O ex-deputado Henrique Alves é um dos políticos brasileiros mais investigados e denunciados que se tem notícias na grande imprensa nacional.

Já pensou eles juntos no mesmo palanque?
O povo já não quer votar em político, imagine os que estão enlameados.
O deputado federal e presidente de honra do PSDB no RN, Rogério Marinho, conhecido como deputado saco preto, ainda não é um cacique, mas já está melado e suspeito de traquinagem antes mesmo de ser promovido ao caciquismo.
Os ventos estão apontando para uma grande renovação política.

Blog do Primo





Nenhum comentário: