.

.
.

domingo, 25 de junho de 2017

DITADURA TEMER: "Presidente deve mexer na PF que o carimbou como corrupto"

Ministro da Justiça, Torquato Jardim, confirmou em conversa com sindicalistas, que fazem parte de seus planos trocar o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello. 
Mudança ocorre depois que a PF concluiu inquérito em que confirma que Michel Temer praticou corrupção no caso da mala com R$ 500 mil em propina da JBS, apreendida com seu ex-assessor especial Rodrigo Rocha Loures. 
Saída de Daiello, é vista por seus pares como uma tentativa de interferir na Lava Jato. 
Um dos nomes cotados para assumir o cargo ocupa o segundo posto na hierarquia da PF, o delegado Rogério Galloro, apontado por seus pares como um policial de perfil mais político.


Nenhum comentário: