.

.
.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

CONTRA O TRABALHADOR: "Agripino defende a reforma trabalhista no senado"

O senador José Agripino começou seu pronunciamento comparando o telefone celular com a relação trabalhista entre patrão e empregado. Para o senador a telefonia celular é o maior exemplo que a terceirização dá certo pois permite ao rico e ao pobre o seu uso..
Ele garantiu que a reforma trabalhista não retira direito de ninguém, mas não falou sobre o ‘acordado que sobrepõe o legislado’ escamoteando sobre o trabalho intermitente e demais pontos que são denunciados pela oposição como supressor de direitos trabalhistas.
Blog do Primo

Nenhum comentário: