.

.
.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

POLÍTICA: "Apesar de escândalo de corrupção, PMDB do RN continuará nas mãos da família Alves"

A implicação dos caciques do PMDB em escândalos de corrupção fez crescer a movimentação por uma renovação no comando dos diretórios regionais, segundo informações da Folha de São Paulo. A movimentação de deputados e prefeitos, contudo, acontece de forma cautelosa. O objetivo é brigar por mais espaço nas eleições internas que serão realizadas na maioria dos Estados entre o final deste ano e o primeiro semestre de 2018.
No Rio Grande do Norte, a tendência é que o partido continue nas mãos da família Alves a partir de novembro, quando haverá eleição interna, Com a prisão de Henrique Eduardo, o partido vem sendo tocado pelo vice-presidente, o deputado federal Walter Alves (PMDB). Ele é filho do senador Garibaldi Alves (PMDB), primo de Henrique.
Walter Alves afirma á Folha de São Paulo, que não há constrangimento em Henrique Eduardo continuar como presidente do partido, mesmo estando preso. “É uma situação difícil, mas os filiados têm compreendido.”

Nenhum comentário: