.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

POLÍTICA: "Garibalde deu calado por resposta a Geraldo Melo"

Humildemente o ex-governador Geraldo Melo publicou uma carta em seu perfil do facebook, endereçada ao presidente do Diretório Regional do PMDB-RN e senador Garibaldi Alves colocando seu nome a disposição para disputar uma vaga no Senado “com muita honra sendo companheiro de chapa” de Garibaldi.
Até agora o senador Garibaldi Alves não teve a delicadeza de responder ao ex-governador Geraldo Melo.
Garibaldi Alves que arranja tempo para sempre fazer demoradas visitas ao seu primo Henrique Alves na prisão, quando articulam atras das grades o futuro do PMDB, não procurou Geraldo Melo para dizer se aceita ou não a colaboração do ex-senador.
Para muitos analistas da política potiguar, o senador Garibaldi Alves não quer Geraldo Melo como companheiro na disputa pelo Senado, Garibaldi Alves quer fazer dobradinha com o senador José Agripino também investigado pela Polícia Federal – tanto Garibaldi Alves como José Agripino estão enrolados com uma série de denuncias de supostos recebimento de propinas.
Pmdebistas estão revoltados com a atitude de Garibaldi Alves em desprezar um homem da envergadura moral como Geraldo Melo que entrou na política como um empresário rico, proprietário de grande patrimônio e depois de exercer mantados de governador e senador em vez de ficar mais rico, ficou empobrecido, numa prova inconteste que sempre foi um político honesto e honrado.  Geraldo Melo nunca foi sequer acusado de suspeita de cometimento de ilícitos, já Garibaldi Alves, depois que teve seu nome envolvido em supostas tramoias, só quer se acompanhar com supostos trambiqueiros, disse um jovem do PMDB.
Segundo uma fonte do Blog do Primo, Garibaldi Alves quer manter seu esquema com o colega José Agripino no Senado, onde estão exercendo mantados há 24 anos e não querem sair.

Nenhum comentário: